Você sente falta de alguém que se foi? Este texto é para Você

Você sente falta de alguém que se foi? Este texto é para você

 

Alguém que se foi

Todos nós temos alguém que se foi e de quem sentimos falta.

É uma questão tão vulnerável que achamos difícil expressar o que sentimos;

e ainda mais para que nossos parentes saibam como nos confortar, porque não importa quão rica seja a nossa linguagem, não há palavras a dizer.

A vida é um caminho, e nessa jornada muitos dos que amamos permanecem no caminho.

Sabemos que devemos seguir em frente e, a partir dessa continuação, os passos subsequentes são os mais difíceis, porque sentimos falta da batida de quem estava caminhando conosco.

Que devemos fazer?

Chore o quanto você precisar


A esse respeito, os especialistas dizem que muitas pessoas, consciente ou inconscientemente, silenciam suas emoções, para evitar sofrimento ou medo de rejeição social, mas reconhecer nossas emoções é o primeiro passo para processá-las.

Eles também acrescentam que a sociedade de hoje tende a dificultar a conclusão da tarefa quando exige a superação daqueles que ainda não conseguem virar a página com frases como:

“Não fique triste” e “É hora de superar isso”, quando Na realidade, aqueles que sofrem precisam ser compreendidos e recomendam que uma frase como

“Sinto muito pela perda que você teve” possa fazer um bem maior do que em todas as reuniões anteriores.

Ninguém pode dizer quanto tempo você se sente assim, é o seu processo, e são emoções dentro de você que você deve ordenar.

O importante é que você sinta a determinação de seguir em frente.

Se, no processo de enfrentá-lo, as lágrimas pedirem para sair, deixe-as fluir pelas suas bochechas.

Engolir nossas tristezas pode nos fazer parecer fortes para o mundo, mas em nosso interior isso atrasa o processo de adaptação e cura.

Não pense sobre o que poderia ter sido


Em nossa mente, pensamentos como

“O que teria acontecido se …”; “Eu nunca disse isso a ele …”; ou até “Se eu estivesse aqui …”.

Os especialistas alertam para o perigo de auto-recriminações que podem estagnar nosso presente por ações que fizemos ou paramos de fazer no

passado e até levar a problemas mentais e físicos. Aprender a lidar com a culpa é essencial para um duelo saudável.

É normal desejar que o tempo volte a funcionar corretamente no passado com os olhos do presente, mas não deixe sua mente trabalhar em recriminações que possam prejudicá-lo.

A verdade é que não há finais perfeitos, porque nós, os protagonistas da história, somos imperfeitos. Aprenda a perdoar a si mesmo, pense nas coisas bonitas do passado e guarde sua riqueza como presente.

Fale sobre a pessoa que saiu


Certamente, um dos primeiros conflitos que surgem no meio ambiente é falar sobre o ente querido, há um silêncio constrangedor e é evitado nomeá-lo, certamente para evitar um problema angustiante.

Nesse sentido, os especialistas enfatizam que essa evasão ao meio ambiente é normal porque a sociedade muitas vezes se sente desconfortável diante

da dor dos entes queridos, mas quem passa no duelo precisa falar não apenas sobre o que aconteceu, mas sobre o vínculo que o ligava ao falecido. Nomear o falecido não causa danos.

Não podemos viver do passado, mas também não o ignoramos;

falar sobre quem constituiu parte de nossa vida é mais natural do que silenciá-lo, como se fosse um assunto tabu.

Não se trata de pronunciá-lo o tempo todo, mas de calá-lo.

Obrigado pela jornada compartilhada


Os profissionais afirmam que, nesse processo, a pessoa está na dicotomia de escolher entre viver com o desamparo da dor ou assumir a perda de

percorrer o caminho da vida com um novo aprendizado de auto-aperfeiçoamento.

Lembre-se dessa pessoa do lugar da felicidade por tê-la vivido em sua vida, em vez de se concentrar na falta que o faz.

Superar um duelo não é esquecer, mas observar os rastros de quem saiu para seguir em frente, porque são rastros que marcaram seu coração e influenciaram seus passos.

Tendemos a ficar tão tristes que nos concentramos na pessoa que não está mais lá, em vez de agradecer-lhe por ter estado conosco e que o aprendizado compartilhado nos constitui como pessoas.

Não tema, porque seu presente está cheio do passado e seu futuro de novos sonhos e projetos.

Às vezes, trata-se de olhar para frente e de vez em quando para nos guiar pelos traços daqueles que foram embora.

Tente lembrá-lo com um sorriso e tenha em mente que não se trata apenas de dizer adeus, mas também …

“Obrigado”.

O luto é um dos processos mais complexos a serem enfrentados pelo homem, porque não se trata apenas de entender a situação com a razão, mas também de estabilizar nossas emoções.

Enquanto você avança, verá como avança apreciando a riqueza deixada pelo passado em sua vida atual.

E você, você tem alguém que sente falta?

O que você diria a uma pessoa que perdeu um ente querido para confortá-la?

 

GOSTARIA DE SABER SEU MAPA ASTRAL COMPLETO, COM MISSÃO DE ALMA?

ACESSE AQUI

—————————————————-

 

 

Novo Kindle 10a. geração com iluminação embutida – Cor Preta

 

 

ACESSE

                                                    ——————————–

LIVROS ESPÍRITAS

ACESSE

                                                   ——————————————-

 

Meditação para a vida cotidiana

A meditação é um processo que permite que você está a reformar sua mente. Você pode orientar a sua mente e corpo para relaxamento; reformar o seu pensamento, etc.

ACESSE

                                     —————————————————

RECEBA NOSSO E-BOOK

Como Derrotar a Ansiedade

ACESSE

RECEBA NOSSO E-BOOK

            Alimentos Caseiros Para Animais

ACESSE

——————————————

RECEBA NOSSO E-BOOK

Adestramento Fácil de Cães

                                                            ACESSE

                                       ———————————————–

RECEBA NOSSO E-BOOK

Amor em Abundância

ACESSE

 

Fonte

Facebook Comments