Quem Não Tem FÉ na Reza? Pessoas que Afastam o Mal Rezadeiras de Boa Vista-PB

Rezadeiras são pessoas que afastam o mal, defendem de feitiços e curam doenças através do ato de invocar o
Divino sobre algo ou alguém. Utilizam as plantas como recurso e fazem gesticulações acompanhadas de orações,
rezas, benditos, novenas, ofícios, terços, rosários, entre outros de cunho religioso. Mais do que no copro, a figura do
rezador está na alma. Somente eles curam o inevitável. Somente eles podem interceder por Deus na “fitoterapia
ritual”-

FÉ na Reza

No máximo, esta pessoas podem pressentir “enguiços” ou complicações futuras para determinada pessoa sem, no
entanto, detalhar onde, quando ou por quem. O povo em médicos, sem hospitais e sem farmácias nunca descuidou
dos “remédios do mato” e destes. Mesmo hoje, estas pessoas ainda são conhecidas como enviadas de Deus.

O Ramo traz ao conhecimento público as palavras de rezadeiras do Cariri Paraibano, que estão em franco
desaparecimento pela falta de aprendizes interessados em tal ofício. Com isso, desaparece também toda uma cultura
e toda uma religiosidade que permeiam a vida do habitante do semi-árido.

 

Assine a nossa Newsletter



 

Orando a Cada Dia

Faze-me perceber que o trabalho do bem me aguarda em toda parte.

Não me consintas perder tempo, através de indagações inúteis.

Lembra-me, por misericórdia, que estou no caminho da evolução, com os meus semelhantes, não para consertá-los e sim para atender à minha própria melhoria.

Induze-me a respeitar os direitos alheios a fim de que os meus sejam preservados.

Dá-me consciência do lugar que me compete, para que não esteja a exigir da vida aquilo que não me pertence.

Não me permita sonhar com realizações incompatíveis com os meus recursos, entretanto, por acréscimo de bondade, fortalece-me para a execução das pequeninas tarefas ao meu alcance.

Apaga-me os melindres pessoais, de modo que não me transforme em estorvo diante dos irmãos, aos quais devo convivência e cooperação.

reconhecer que cansaço

Auxilia-me a reconhecer que cansaço e dificuldade não podem converter-me em pessoa intratável, mas mostra-me, por piedade, quanto posso fazer nas boas obras, usando paciência e coragem, acima de quaisquer provações que me atinjam a existência.

Concede-me forças para irradiar a paz e o amor que nos ensinaste.

E, sobretudo, Senhor, perdoa as minhas fragilidades e sustenta-me a fé para que eu possa estar sempre em ti, servindo aos outros.

Assim seja.

Fonte: http://deusaquedanca.blogspot.com/2017/06/documentario-o-ramo-parte-1-rezadeiras.html

Facebook Comments