A HISTÓRIA REAL DE STRANGER THINGS POR TRÁS DA SÉRIE!

Já ouviu falar de Montauk? Foi uma suposta operação secreta do governo americano em Long Island, em Nova Iorque.

A HISTÓRIA REAL DE STRANGER THINGS POR TRÁS DA SÉRIE!

O que não tem faltado no cinema e na televisão são argumentos inspirados por histórias reais. E ainda há séries que dizem que se basearam em factos verídicos só para parecerem ainda mais incríveis, como “Fargo”. Mas ninguém diria que “Stranger Things”, cuja segunda temporada estreou a 27 de outubro, pudesse ser um desses casos.

É difícil acreditar que exista um mundo paralelo Upside Down, um Demogorgon real e até uma família afro-americana que viva tranquilamente integrada numa pequena comunidade no Midwest nos anos 80. No entanto, a história de “Stranger Things” poderá ter sido escrita a partir da teoria da conspiração que defende que aconteceram mesmo coisas sobrenaturais por aquela altura.

HISTÓRIA REAL DE STRANGER THINGS

Segundo o jornal americano “The New York Post”, a primeira vez que o projeto de “Stranger Things” foi apresentado pelos irmãos Duffer tinha outro título: “Project Montauk”. A revista “Thrillist” acrescenta que a ação, no início do projeto, não se passaria na pequena cidade de Hawkins, no estado de Indiana, mas sim em Mountauk. E o que raio é Montauk?

Tal como o programa ultrassecreto do governo que mistura guerra fria com experiências científicas perigosas e incidentes sobrenaturais na série da Netflix, a teoria diz que o conceito Montauk era composto por vários programas conduzidos na estação da força aérea de Montauk, que fica na ponta este de Long Island, em Nova Iorque.

A base fora criada em 1942, em plena Segunda Guerra Mundial,

para proteger a costa de potenciais ataques dos nazis e dos seus aliados.

Só no início dos anos 80 é que surgiram as primeiras histórias sobre as alegadas experiências em Montauk. Tudo terá começado com os livros “Montauk Project”, escritos por Preston Nichols. O autor diz que recuperou as memórias reprimidas dessa época e que se conseguiu lembrar de tudo o que tinha acontecido.

Ele e dois outros homens, Stewart Swerdlow e Alfred Bielek

(que tem um site onde tem explicar tudo ao pormenor),

contaram as suas histórias nesta saga nestes livros.

Diziam que, tal como outras centenas de pessoas, incluindo crianças

(como Eleven/Jane),

mas terão sofrido de lavagens cerebrais e sido torturados

para que os cientistas tentassem controlar as suas mentes.

Objetivo: dar-lhes capacidades psíquicas excepcionais.

Mas além disso, teriam sido feitas experiências de teletransporte,

mas tentativas de contacto com vida extraterrestre e viagens no tempo.

Veja o vídeo do “The New York Post” para perceber melhor a teoria.

Fonte: https://nit.pt/coolt/televisao/stranger-things-pode-ser-inspirada-numa-historia-real

Facebook Comments