MENTOR ESPIRITUAL FALA SOBRE DESOBSESSÃO

Ela nasce de uma ideia fixa que dois ou mais seres possam ter entre si e pode ser causada por algum hábito, vício ou desejo em comum.

Esclarecimentos de um Mentor Extrafísico sobre Desobsessão


Ex:

Um espírito desencarnado que era alcoólatra e que não sabe que desencarnou, sente necessidade do efeito do álcool, aproxima-se de uma pessoa que tenha predisposição à bebida e a induz a beber mais, podendo assim atrapalhar os caminhos de sua vida.

Uma mãe que desencarna, por exemplo, trazendo consigo uma grande preocupação a respeito de seu filho, pode iniciar um processo de simbiose espiritual através dessa preocupação, sem ter idéia do que está fazendo.

Algumas sensações que podem caracterizar a obsessão são, entre muitas outras: desânimo, depressão, pessimismo, irritação e atritos frequentes com familiares, companheiros de trabalho ou até mesmo amigos.

O TRATAMENTO DE DESOBSESSÃO

A obsessão não deve ser tratada com misticismo, ela nada mais é do que uma doença espiritual que deve ser tratada.

O tratamento espiritual não prescinde em circunstância alguma do tratamento dos médicos encarnados que, em caso de necessidade, deve ser feito paralelamente.

obsessor é levado para a câmara de desobsessão, onde os médiuns e mentores espirituais presentes irão orientá-lo

(muitas vezes o obsessor sequer sabe que desencarnou)

sobre as leis que regem esse novo mundo que ele agora habita e sobre os caminhos que deve percorrer.

Caso o obsediado não consiga desviar estes pensamentos,

deve fazer uma prece espontânea vinda do coração

(evitando orações decoradas)

e/ou leituras edificantes

(pode comprar um livro ou se desejar, pegá-lo emprestado na biblioteca circulante do CEC).

Em muitos casos, ao final do tratamento, os obsessores evoluem

e em gratidão ao auxílio que tiveram

(graças a atitude do obsidiado de procurar ajuda para ambos)

tornam-se grandes amigos, ou até mesmo grandes protetores do ex-obsediado.

Facebook Comments