Ator Nelson Xavier pediu para usar terno do médium Chico Xavier quando morresse, conta médica

Nelson Xavier pediu para usar terno do médium. Um dos pontos ápices da carreira do ator Nelson Agostini Xavier, que faleceu nesta madrugada (10) aos 75 anos em Uberlândia, foi atuar como protagonista no filme biográfico sobre Chico Xavier.

Depoimento de Nelson Xavier após interpretar Chico Xavier

Segundo a médica que o acompanhou no tratamento paliativo, Clarissa Aires de Oliveira, a espiritualidade dele transcendia e um dos últimos pedidos foi com que ele usasse o terno presenteado pelo próprio médium mineiro em seu velório e enterro.

Nelson Xavier pediu para usar terno do médium

Tratamento em Uberlândia Clarissa contou ao G1 que a família de Nelson a procurou no fim do ano passado, quando ele passava por cuidados paliativos, uma vez que o câncer, inicialmente detectado na próstata, já estava avançado.

Durante quase quatro meses de tratamento na clínica mineira de medicina integrativa

– que trata o paciente física e emocionalmente por meio de terapias alternativas com uso de medicação, suplementação e hábitos saudáveis a fim de garantir qualidade de vida no tempo de vida restante do paciente – a especialista disse que a melhora do quadro de Nelson foi evidente.

Médica de medicina integrativa, Clarissa Aires, falou sobre últimos momentos de Nelson Xavier em Uberlândia (Foto: Caroline Aleixo) Médica de medicina integrativa, Clarissa Aires, falou sobre últimos momentos de Nelson Xavier em Uberlândia (Foto: Caroline Aleixo) Médica de medicina integrativa, Clarissa Aires, falou sobre últimos momentos de Nelson Xavier em Uberlândia (Foto: Caroline Aleixo) Nas palavras de Clarissa, o paciente “se sentiu vivo durante pouco mais de dois meses”.

Foi então que ele voltou para a casa no Rio de Janeiro com o intuito de buscar a mudança para ficar definitivamente em Uberlândia, mas o quadro agravou e ele retornou para Minas Gerais para ser internado às pressas.

artista era apaixonado pela cidade do Triângulo Mineiro e assim que desceu do avião no aeroporto e olhou para o céu chegou a comparar a vista com a da capital carioca e preferir a tranquilidade de Uberlândia, que também teria motivado a vontade dele de se mudar, de acordo com a médica.

“A esposa dele me contou que quando ele desceu do avião e olhou para o céu de Uberlândia abriu um sorriso e disse que foi o céu mais lindo que eles viram, que era mais bonito que o céu do Rio.

Morre em Uberlândia o ator Nelson Xavier Depoimento da filha Tereza Villela Xavier, filha do ator, usou sua página no Facebook para falar da perda do pai.

Entre seus tantos trabalhos no cinema, estão “O ABC do Amor” (1967), “Os Deuses e os Mortos (1970), “É Simonal” (1970), “Dona Flor e seus Dois Maridos” (1976), e “A Queda” (1978), de Ruy Guerra, que lhe rendeu um Urso de Prata no Festival de Berlim.

Fui invadido por uma onda de amor tão forte, tão intensa, que levava às lágrimas”, contou Nelson Xavier, que no longa viveu o líder espírita dos 59 aos 65 anos.

Fonte: G1

Facebook Comments