Os Entrantes Falando um pouco

Falando um pouco sobre Os Entrantes

Falando um pouco sobre Os Entrantes

Veja:

Os entrantes designar

  • Este termo, Walk-In, é usado para designar a troca de uma individualidade em seus diversos níveis.
    Também pode ocorrer naqueles seres em que a individualidade é composta de núcleos ainda não integrados entre si.
  • No livro DAS LUKAS-EVANGELIUM, Rudolf Steiner (1861-1925) afirma: “Ocorre, por exemplo, que chegando à certa etapa de sua evolução uma individualidade necessite de condições distintas das que lhe foram dadas inicialmente.
  • Pode suceder então que um ser humano, ao atingir determinada idade, de repente desmaie e pareça ter morrido.

Os Entrantes mestre tibetano

Djal Kwul (D.K.), disse para Helena Blavastsky em 1920, que esse fenômeno é chamado de ‘Obsessão Divina’, o qual, segundo ele, seria cada vez mais comum nos anos vindouros”.
Quanto mais a raça humana desenvolver a continuidade de consciência entre o físico e o emocional e mais tarde o mental, mais esse processo será freqüente e compreendido”.

Ghandi e outros

que tiveram uma transformação total durante suas vidas, tendo tido suas individualidades substituídas por uma mais avançada, para contribuir profundamente no desenvolvimento da Terra.

walk-in é sempre mais desenvolvido que o walk-out (o substituído) e seu trabalho evolutivo reflete no corpo que encarnar, inclusive ajudando na resolução de carmas.

Tantos relatos ilustram

o que o ensinamento esotérico vem difundindo, que a lei da morte e renascimento começa a ser transcendida.
Entretanto, é na transmutação monádica, que a lei de morte é transcendida por completo: a individualidade libera-se do que foram os átomos permanentes e desfaz os vínculos materiais.

Eu mesma tive essa experiência com um amigo com quem eu trabalhava em processos de cura (e que já se foi), alterando em muito o seu quadro familiar e do próprio trabalho.

Mesmo sendo uma entidade mais desenvolvida que ocupe o corpo, há de se assinalar que os transtornos emocionais que podem acompanhar o processo são, por vezes, inevitáveis e sem real compreensão dos envolvidos.

Para encerrar, vamos citar Goethe, que em sua sabedoria, disse: “Um homem não chega a compreender coisa alguma, a menos que a ame”.

Muita luz!

Prece aos Anjos Guardiões

spíritos sábios e benevolentes, mensageiros de Deus, cuja missão é assistir aos homens e conduzi-los pelo bom caminho, amparai-me nas provas desta vida; dai-me a força de sofrê-las sem lamentações; desviai de mim os maus pensamentos, e fazei que eu não dê acesso a nenhum dos maus Espíritos que tentariam induzir-me ao mal. Esclarecei a minha consciência sobre os meus próprios defeitos, e tirai-me dos olhos o véu do orgulho, que poderia impedir-me de percebê-los e de confessá-los a mim mesmo. Vós, sobretudo, meu Anjo Guardião, que velais mais particularmente por mim, e vós todos, Espíritos Protetores, que vos interessais por mim, fazei que eu me torne digno da vossa benevolência. Vós conheceis as minhas necessidades; que elas sejam satisfeitas segundo a vontade de Deus.

Meu Deus

Meu Deus, permiti que os Bons Espíritos que me assistem possam ajudar-me,

quando me achar em dificuldades, e amparar-me nas minhas vacilações.

Senhor, que eles me inspirem a fé, a esperança e a caridade, que sejam

para mim um apoio, uma esperança e uma prova da Vossa misericórdia.

Fazei, enfim, que eu neles encontre a força que me faltar nas provas da vida, e para resistir às sugestões do mal, a fé que salva e o amor que consola.

Espíritos Amados

Espíritos amados, Anjos Guardiães, vós a quem Deus, na sua infinita misericórdia,

permite velarem, pelos homens, sede o nosso amparo nas provas desta

vida terrena. Dai-nos a força, a coragem e a resignação; inspirai-nos

na senda do bem, detendo-nos no declive do mal; que vossa doce

influência impregne as nossas almas; fazei que sintamos a presença,

ao nosso lado, de um amigo devotado, que assista os nossos sofrimentos e participe das nossas alegrias.

E vós

E vós, meu Anjo Bom, nunca me abandoneis. Necessito de toda a vossa proteção,

para suportar com fé e amor as provas que Deus quiser enviar-me.

Facebook Comments