Violoncelista premiado toca pra recuperar bebês em UTI

Violoncelista premiado toca. O violoncelista Zuill Bailey é um artista de classe mundial. Formado pela Johns Hopkins e Juilliard, Bailey tem participado de orquestras sinfônicas de todo o mundo e ganhou um Grammy…mas essa performance tem que ser a melhor de todas.

Violoncelista premiado toca pra recuperar bebês em UTI

Assine a nossa Newsletter

 
 



 

No mês passado, Bailey postou uma foto sincera de si mesmo tocando em um quarto de hospital, escrevendo: “Não há nada mais especial do que fornecer sons suaves para os pequenos bebês da UTIN nos Hospitais de Providence em El Paso”.

O violoncelista e ganhador do Grammy Award, Zuill Bailey, toca em hospitais para ajudar no processo de recuperação de bebês em UTIs.

Zuill, que é formado pelas mais importantes escolas de música – como Johns Hopkins e Juilliard – teve a melhor apresentação da sua vida recentemente, num quarto de hospital do Texas, nos EUA e postou uma foto nas redes sociais.

Bailey é diretor artístico desde o ano 2.000 do Pro Musica, um grupo que toca em centros médicos para ajudar no processo de cura de pacientes.
Solis disse que tocar música para pacientes hospitalizados é uma extensão da missão do grupo de tornar a música clássica acessível a todos.

“Pacientes no hospital desde o início da vida na unidade de terapia intensiva neonatal até o final, recebem música por razões confortantes e é realmente incrível de ver”, disse Solis.

Outra violonceclista, Amy Miller, disse que toca muita música clássica durante as visitas médicas, mas também gosta de misturar com algumas populares da Broadway e de filmes, como A Bela e a Fera e O Mágico de Oz.

uso da música para ajudar no processo de cura existe há séculos, mas começou a emergir como uma prática profissional na década de 1940, de acordo com a American Music Therapy Association .

Curso – Fabricando e Vendendo Móveis de Pallets
São mais de 100 páginas contendo mais de 200 imagens com textos explicativos em um arquivo PDF. (enviado por e-mail).

 

 

 

Facebook Comments