SIGNIFICADO ESPIRITUAL DO ANIVERSÁRIO IMPORTANTE COMEMORAR

Neste programa, estará elaborado em linhas mestras como uma Planta de Arquitetura suas necessidades referente à encarnação do ponto de vista pessoal( melhorar valores de paciência,

O SIGNIFICADO ESPIRITUAL DO ANIVERSÁRIO

ser mais colaborador, mais expressivo, desabrochar tais talentos e etc…), como também, suas necessidades que irão interferir ou se preferir, mesclar-se com as necessidades alheias(Pais, filhos, esposos, amigos, colegas de trabalho…).  

Podemos dizer que ao nascer temos um disco de programas fechados, que são os temas que teremos que passar, mas

vale lembrar com nossa marca pessoal única e indivisível e também com possibilidades de transformações e o de

programas abertos que são eventos ligados aos programas fechados, mas onde temos possibilidade de sermos mais livres e soltos.  

Veja:

ANIVERSÁRIO INFERNO ASTRAL 

São os dias que antecedem o seu renascimento, ou seja, o dia de seu aniversário, equivale como uma gestação na fase

final em que o bebê está para vir ao mundo, desta forma conforme o Sol no Céu vai andando em média um grau por dia,

espiritualmente você está sendo chamado a fazer uma reavaliação do ano, e principalmente de seu propósito Divino aqui

na Terra.  

Seu anjo e Mestres ligam-se de forma total a você neste dia e ouvem suas queixas e tudo o que precisar dizer para eles, o

ideal é não só reclamarmos, como também agradecemos e no final das contas perceberemos que temos muito mais para

agradecer do que ao contrário.  

Um mês antes do Aniversário comece a 

Vá intensificando semana após semana esta meditação e agradecimentos e procure na última semana que antecede seu

aniversário, orar pedindo muita proteção e luz, para mais um ciclo que vai iniciar. Um dia antes, na véspera, procure ter

uma visão ampla de tudo o que já viveu até agora, as experiências mais significativas alegres e tristes e faça uma lista do

que considere mais importante do que tenha conquistado até agora, incluí-se aí não só coisas materiais;  

Dê um presente por mais singelo que seja para si mesmo e curta intensamente o seu dia.Faça um ritual.Na hora que lhe

for mais conveniente, fique um pouco consigo mesmo e peça para seu Anjo ajudá-lo a que neste novo ciclo, você perceba

o que seja importante para a realização de seu propósito na terra e que ele te ajude a ter Paz, amor, força e tudo o que

precisar neste novo ano.  

A necessidade das comemorações festivas 

Recebem-se felicitações, presentes, organizam-se festas, reúnem-se os parentes, amigos, como se aquele dia fosse o

mais importante da nossa existência, pelo simples fato de termos recebido a “graça” divina de estarmos vivos por mais

esse período, ou por estarmos comemorando algo que nos agrada.  

A partir daí começa-se a comemorar as datas do tempo terreno, como o reencarne e algumas datas consideradas como

dogmas de algumas filosofias religiosas, o que não é o caso da doutrina espírita, como o batizado, a crisma, a primeira

comunhão, o casamento etc.  

O que se questiona, no entanto, é a comemoração pela existência apenas uma vez ao ano ou pelas datas oportunas,

quando sabemos que o espírito não faz aniversário e, que outras datas são apenas convenções humanas, até porque não

sabemos quando fomos criados e que temos a eternidade pela frente.  

Deveríamos também, juntamente com a comemoração da passagem do tempo do corpo físico, que é anual, agradecer ao

alto e à espiritualidade maior todos os dias, pelas oportunidades de mudanças de hábitos e conceitos que nos são

oferecidas diariamente, tão necessárias à nossa reforma íntima.  

comemorar a nossa encarnação 

Devemos, sim, comemorar a nossa encarnação, agradecendo pela oportunidade da volta, quando temos condições de

reavaliar nossa conduta, reparando erros passados.  

Comemoremos todos os dias nossa infância, nossa adolescência, nossa idade madura e principalmente nossa velhice,

que é mais difícil de ser administrada, não só por problemas de ordem social ou de saúde, mas também por causa do

desgaste próprio das coisas materiais, nosso envoltório físico.  

Na idade madura, o espírito se revela tal qual ele é, com as modificações que lhe foram impostas pela educação, pela

instrução, pelo meio em que se reencarnou e pelo aprendizado recebido na infância e na adolescência, goza de inteira

liberdade e é plenamente responsável por seus atos.  

Portanto, comemorar as conquistas e vitórias diárias obtidas pelo espírito nesta encarnação, mesmo que pequenas, talvez

nos dê a certeza que elas são tão ou mais importantes que a comemoração anual do aniversário do corpo físico ou das

situações por nós vivenciadas em qualquer circunstância.

Facebook Comments

Deixe uma resposta