Carma e a Reparação Como funciona Com Arrependimento Acaba?

Além das portas da percepção da sua fraqueza,  posta-se a sua força.  

Como funciona o Carma e a Reparação

Além das portas da percepção da sua dor,

posta-se o seu prazer e a sua alegria.

Além das portas da percepção do seu medo,

posta-se a sua segurança e a sua proteção.

Além das portas da percepção da sua solidão,

posta-se a sua capacidade de ter realização,

amor e companhia.

Além das portas da percepção da sua desesperança,

posta-se a verdadeira e justificada esperança.

Além das portas da aceitação das carências

da sua infância, posta-se a sua realização agora.

O Guia

– Pathwork Todos temos as respostas

Independente dos nossos erros, acertos,

cultura, religião, status, temos em nosso interior

todas as respostas de que precisamos.

O princípio vital, a centelha divina nos habita.

Temos o dom de nos curar e de atingir a plenitude.

Nós podemos! Com disciplina, determinação,

vontade, podemos trilhar o caminho do

autoconhecimento, da transformação,

também conhecido como reforma íntima.

A busca interior requer coragem, nos leva

às nossas trevas e nos torna maduros.

O médico psiquiatra austríaco Viktor Frankl,

fundador da escola da logoterapia, que

explora o sentido existencial do indivíduo

e a dimensão espiritual da existência,

desenvolveu sua teoria a partir da própria

experiência no campo de concentração nazista.

Segundo ele, ainda que seja tirado tudo do homem

– seus bens, sua família e amigos, seu status etc.

-, nada poderá lhe tirar a liberdade de decidir

o que ele quer se tornar como humano,

porque todo homem tem o poder e a

liberdade de se elevar acima de si mesmo

e se tornar um ser humano melhor.

Quem conhece a sua ignorância revela

a mais profunda sapiência.

Quem ignora a sua ignorância vive na

mais profunda ilusão – Lao-Tsé.

Evoluindo nossas convicções Todos

queremos recuperar nossa identidade

e expressar nossa essência.

Todos queremos mudanças, mas muitas

vezes não sabemos por onde começar

e exatamente o que mudar.

Nossa alma clama por algo maior, que

nos preencha e nos proporcione plenitude.

Podemos vivenciar isso e não significa

que os problemas não vão mais acontecer.

Nós vamos lidar com eles de forma diferente.

Se formos capazes de relacionar os episódios

positivos e negativos da nossa vida com as forças

interiores que os criaram, vamos ter uma grande

experiência consciencial.

Por Andréa Lúcia

Fote: https://www.consciencial.com.br/

http://www.ippb.org.br/multimidia

Facebook Comments

Deixe uma resposta