ME MATEI POR VINGANÇA DIZ ESPIRITO A DIVALDO

ME MATEI POR VINGANÇA. Divaldo Pereira Franco, mais conhecido como Divaldo Franco ou simplesmente Divaldo (Feira de Santana, 5 de maio de 1927) é um professor, médium, filantropo e orador espírita brasileiro.

Babá doa parte do fígado para salvar menina de 1 ano de quem toma conta

ME MATEI POR VINGANÇA DIZ ESPIRITO A DIVALDO

ME MATEI POR VINGANÇA

Novela A Viagem completa 25 anos e a Globo revela curiosidades da produção

Divaldo é um verdadeiro “apóstolo do Espiritismo”, com mais de cinquenta anos devotados à mediunidade e a caridade, e mais de sessenta como um importante orador espírita.

Dos seus noventa anos, setenta foram devotados à causa espírita e às crianças das periferias de Salvador, na Bahia. Para este último fim fundou, em 15 de agosto de 1952, junto a Nilson de Souza Pereira, a instituição de caridade Mansão do Caminho, que ajuda diariamente cerca de seis mil pessoas e abriga mais de três mil, centenas delas registradas como filhos do médium.

Os direitos autorais de seus mais de 250 livros psicografados, que já venderam mais de oito milhões de exemplares, foram doados em cartório para esta e outras instituições filantrópicas.

O que Será que as Pintas do seu corpo Significam?

Ainda que tenha uma alta produção e vendagem de livros psicografados, e realize um grande trabalho filantrópico, é como conferencista e missionário do Espiritismo no Brasil e no exterior que ele é mais conhecido.

Representado como peregrino ou o “Paulo de Tarso do Espiritismo”, Divaldo já percorreu mais de 50 países divulgando a doutrina em palestras de ampla publicidade

Divaldo cursou a Escola Normal Rural de Feira de Santana, onde recebeu o diploma de Professor Primário em 1943.

Trabalhou como escriturário no antigo IPASE, em Salvador, aposentando-se em 1980.

Desde a infância relata comunicar-se com os espíritos. Quando jovem, foi abalado pela morte de um irmão mais velho, o que o deixou sem os movimentos das pernas.

Mensagem Psicografada sobre Mortes em massa no Brasil 2019

Fora conduzido a diversos especialistas na área da Medicina, sem contudo lograr qualquer resultado satisfatório.

Nessa época uma prima conheceu a Sra. Ana Ribeiro Borges, médium de um centro espírita e a conduziu até à casa do primo Divaldo.

A médium ajudada o menino a libertar-se daquele estado de paralisia e explica tratar-se do irmão desencarnado, que se ligara ao irmão. Essa cura trouxe consolações tanto para o enfermo como para toda a família. Divaldo dedicou-se, então, ao estudo do Espiritismo, ao tempo em que foi aprimorando as faculdades mediúnicas, pelo exercício e continuado estudo do Espiritismo.

Transferiu residência para Salvador no ano de 1945, tendo feito concurso para o Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Estado (IPASE), onde ingressou a 5 de Dezembro de 1945, como escriturário.

Já espírita convicto, fundou o Centro Espírita Caminho da Redenção (CECR), em 7 de Setembro de 1947.

Em A Veneranda Joanna de Ângelis (Salvador: LEAL, 1987), escrito por Divaldo e Celeste Santos, constam biografias do médium baiano e de sua mentora espiritual, Joanna de Ângelis, bem como informações sobre o trabalho educacional e assistencial desenvolvido pela Mansão do Caminho, além de entrevistas com Divaldo e relatos sobre reencarnações de Joanna de Ângelis.

LIVROS – ROMANCE ESPÍRITAS QUE MAIS NOS IMPACTOU INDICAMOS ZIBIA GASPARETTO
DA UMA OLHADA AQUI: https://amzn.to/2Jp0XQR

Fonte

 

Curso – Fabricando e Vendendo Móveis de Pallets
São mais de 100 páginas contendo mais de 200 imagens com textos explicativos em um arquivo PDF. (enviado por e-mail).

Amazon: https://amzn.to/2GQvALX https://amzn.to/2LeTkPt https://amzn.to/2PEBZOqhttps://amzn.to/2LeTkPt 

Facebook Comments