No Plano Astral se Pratica Sexo Explicação Espírita

o plano espiritual, basta cogitar em sexo e imediatamente aparecem vários espíritos sedentos por sexo.
existe um exemplo lúcido de que basta pensar em sexo e se forma imediatamente sintonias com elementos e vibrações que não queremos. 

Plano Astral se Pratica Sexo?

Na maioria das vezes não tem nada de culpa, de crendices ou de religiosidade, mas exclusivamente vibrações “sexuais” e sintonias imediatas.

O sexo é instinto animal e carnal, desde há muito intensamente impregnado nas consciências, pois as consciências retêm e mantêm as lembranças de manifestações e vivencias desde o mundo animal

A atração sexual é o relembrar o instintivo de lembranças prazerosas, lembranças de impressões de prazer, ou seja, é o antegozo, é a esperança do gozo que o contato físico pode proporcionar

Um arquétipo, a visualização de uma pessoa de sexo oposto, libera, principalmente no homem, suas recordações, seu

instinto, suas lembranças de sensações prazerosas no toque do corpo com outra pessoa que condiz ao ideal do seu “arquivo pessoal”

Existe Sexo no Astral?

Por esse motivo, há pessoas que sentem uma grande atração sexual por loiras, outros, por morenas, outros por ruivas, outros por mulatas, outros por negras, outros por orientais, outros pela chamada “beleza exótica”, etc.

Da própria forma ocorre os chamados fetiches sexuais, as taras, os desvios, a obsessão, etc.

Coisas e situações inúmeras podem despertar a homossexualidade numa pessoa considerada, até então, heterossexual. Provavelmente as consciências já se manifestaram em vidas passadas tanto em corpos masculinos como em corpos femininos…

Por isso, a heterossexualidade ou homossexualidade está ou pode estar mais ou menos latente no intimo das consciências,

podendo ser ativada ou não, dependendo do que eu denomino como “freio consciencial” que pode funcionar em maior ou

menor grau, dependendo das particularidades, das vivencias, das escolhas e preferências de cada consciência

Uma explicação, uma mulher pode escolher ou se deixar levar por um contato lésbico, “para experimentar” e acabar

despertando ou não, sensações e lembranças instintivas de seu subconsciente. O mesmo pode ocorrer com o homem…

Por outro lado, tais lembranças também podem ser ativadas por coisas e acontecimentos compreensível, como por exemplo, o contato ou visualização de peças intimas, etc.

O sexo tem por propósito substancial aproximar uma consciência da outra, causando o acasalamento e consequentemente a

geração de filhos, de vivencias, mostrando simultaneamente e primeiramente a consciência de apego, de agasalho e mais

tarde os sentimentos de carinho, de dedicação, de desprendimento, principiando a afeição com o passar do tempo pelo semelhante

Muitas pessoas confundem equivocadamente sexo com amor

Qual tipo de amor?

Um amor possessivo, interesseiro, ciumento e egoísta?

Um amor que separa o “casal” das demais pessoas?

Quantas pessoas maravilhosas existem por aí, com as quais não podemos conviver; passear, conversar, abraçar, beijar, dar

carinho, devido o ciúme doentio, obcecado e muitas vezes violento de seus respectivos parceiros e parceiras?

Ou seja, sexo é apenas um artifício, uma isca, um chamariz para consciências imaturas que ainda não aprenderam que o

amor verdadeiro, desprendido e incondicional se origina e se mantêm na PERCEPÇÃO e no ENTENDIMENTO.

Facebook Comments

Deixe uma resposta