PSICOGRAFIA DE AYRTON SENNA o que me fazia muitas vezes duvidar do meu destino de piloto

As reuniões do Grupo Espiritual Imagine’ ocorrem aos domingos. No dia 10/12 recebemos essa mensagem do Ayrton Senna e ontem 17/12 recebemos uma do Chico Xavier se referindo a psicografia e à pessoa do Ayrton Senna.

Ayrton Senna
Psicografia Lino Zechetto
Araçatuba, 10/12/017

Assine a nossa Newsletter



 

Ayrton Senna

 

Boa tarde aos amigos presente.


Quanta satisfação em poder escrever para pessoas que se encontram encarnados, principalmente aquelas que crêem no plano espiritual.


Enquanto encarnado, convivendo com a matéria bruta, densa, procurava sempre estar em sintonia com a espiritualidade. Com minha formação religiosa me ligando à Deus e ao nosso irmão Jesus.


Corri, amei, vivi demais, também, em função disso, parti para o mundo espiritual cedo demais.


Tantas coisas ainda por fazer, constavam em meu rol de afazeres, para que aproveitasse o máximo possível de minha estadia no orbe terrestre.


Só que fazia dos meus movimentos, algo próximo aos meus pensamentos, e com raciocínio rápido, calculista, utilizava-os para aprendizado, manipulação, aprimorando a tecnologia avançada embarcada nos veículos de corrida, motorizados.


Bem que notava que havia em mim a percepção de algo maior,

espiritual, humano, o que me fazia muitas vezes duvidar do meu destino de piloto, corredor, campeão e me entregava às coisas simples, ao bem estar junto a família, aos amigos.

À um grande amor, para juntos constituir família, assim como a que eu fazia parte juntamente com meus pais, meus irmãos.


Em corridas, ainda memoráveis para mim, estão aquelas em que a bordo das máquinas voadoras, no ápice, nos trechos cruciais, nas curvas ou próximo a linha de chegada eu entrava em transe me confrontando com luzes, forças, divindades que se localizavam em outras dimensões.


Hoje, eu sei, que a minha concentração, minha vontade de vencer eram tamanhas que transitava pelas pistas em puro êxtase, onde corpo, espírito, coração, mente, razão se uniam ao carro dando ao interior do cockpit vida multisensorial.


A crua realidade da nossa deficiência, insuficiência tecnológica, em comparação ao que temos por aí, inclusive sobrevoando e nos observando para que não saiam dos clausus (Do latim numerus clausus, «número fechado»), detonado por seres humanos, as ogivas nucleares que poderiam acarretar, sem a intervenção de quem nos protegem, uma terrível interferência em nosso sistema solar.


E eu me preocupando em ultrapassar obstáculos e vencer as corridas.


Bem que poderia ter sido diferente, não precisava, não havia necessidade de querer chegar sempre entre os primeiros ao pódio.


Não disputar tão acirradamente, irresponsavelmente as curvas com os adversários, certeza não estaria à desembarcar tão cedo nessa querida, amada outra dimensão.


Uma experiência como encarnado é muito bem planejada, organizada e executada por trabalhadores de Jesus para que se possa realizar com sucesso.


Eu, entre meus familiares, amigos, vizinhos, irmãos de sangue brasileiro, já seria suficiente para obter uma vida repleta de aprendizados que me completasse o que realmente necessitava meu espírito antes da reencarnação.


Se parasse para observar melhor o que nos ensinam os espíritos através dos livros.


Se observasse com mais critério a mobilidade exibida à todo instante pelo Universo, de forma alguma me sujeitava a adentrar e dirigir veículos tão atrasados tecnologicamente em relação a força brutal dos motores.


Fica a sensação de ser muito querido por todos, não importando se os mesmos estão separados pelas nações.


O Ser humano, quando impulsionado por algo maior, em diferentes tipos de segmentos, se deixam levar, demonstrando a real possibilidade de em futuro próximo sermos reconhecidos como o planeta Terra, onde residem um só povo, uma só Nação.


Isso é muito comum entre as estrelas.

É tão povoado esse Universo de Deus onde a grande maioria são Seres do bem, que ao invés de invadir os planetas mais novos com intenções beligerantes, procuram cooperar com os irmãos no intuito de que possam prosseguir , dentro das leis divinas, em busca de aprendizagem, desenvolvimento e evolução.


Sinto se tenho desapontado pessoas me referindo às minhas desilusões, tristes enganos de minhas decisões impulsivas.


Ao analisarmos melhor meus argumentos, entenderemos que desperdicei parte de

minha encarnação, parte de minha vida na Terra em prol de motivos torpes, banais, insensatos, pois, o que é uma máquina incandecida (tornar candente; pôr em brasa; encandecer),
controlada por um ser humano comum comparado à criação Divina.


Se eu contemplasse mais o Céu , o Infinito em noites estreladas,

certamente perceberia a inexistência de disputas entre elas,

sem correrias, sem linha de chegada e que o sincronismo, o movimento

incessante no Universo, nos ensinam, a todos que procuramos por aprendizado

que não é necessário sairmos correndo pôr aí.


Ah, se eu tivesse ‘corrido’ apenas em meus pensamentos,

certamente teria chegado bem mais longe…


Hoje estou muito bem, já passou…


Sabemos que tudo passa, os traumas fazem parte dos aprendizados a serem adquiridos.


Eu daqui, aceno com bandeira branca, não de vencedor e sim de

um simples piloto candidato a futuro integrante da esquadrilha de Jesus.

Seres do bem que formam grupos para prestar ajuda e solidariedade aos irmãos necessitados.


Saudações à todos
Ayrton Senna

Psicografia de Ayrton Senna

Veja Também

Como tratar, recuperar e vencer a Bronquite

 

Conselhos

 

 

Os 10 Conselhos de André Luiz

 

 

tiraram do corpo

 

 

Os Seres que me Tiraram do Corpo e me Falaram

 

.

Facebook Comments