É Necessário Sofrer? O Sofrimento e o Verdadeiro Sentido

A neutralidade é um forma de enxergar mundo de maneira abundante.  

Sofrer é Necessário? O Verdadeiro Sentido do Sofrimento

 

Se não conquistamos algo hoje, amanhã teremos uma nova oportunidade.

A informação é fator estratégico na sociedade moderna.

Embasada em ciência e tecnologia avançadas, a informação adquiriu influência imensurável.

Tem sido utilizada como controle global das sociedades.

É capaz de informar, desinformar e contrainformar.

Hoje, domínio do mundo é exercido mais pela informação do que pelas armas. É domínio insinuante, civilizado”, que dispensa derramamento de sangue.

 

Para muitos, saber viver é aproveitar tudo de bom” que a vida oferece. negócio é desfrutar momento e não se preocupar com mais nada, como se amanhã não se colhesse que se planta hoje.

Cigarro de hoje desencadeará uma série de problemas para seu corpo amanhã.

A maconha abrirá as portas para drogas mais pesadas e para um mundo de ilusões e alegria artificial.

Ter uma vida sexual desregrada trará também suas consequências.

É importante aproveitar a vida com sabedoria e, como diz a música, tomar cuidado pois se uma flor tem espinhos você pode se arranhar”.

Por mais fascinante e bonitas que algumas coisas pareçam, cuidado para não se arranhar em seus espinhos.

 

Nesse sentido, usualmente as pessoas procuram lembrar os enlutados de que tempo cura tudo, de que é preciso ser forte e não esmorecer.

Falam de Deus, que foi seu desejo e que a pessoa está num lugar melhor.

Ora, são apenas palavras ao vento.

É necessário chorar e sofrer, não há alternativa.

A impressão que dá é que sofrimento prolonga a existência daquele ser tão amado.

Para os que estão por perto, se puderem oferecer um ombro amigo e suportar sofrimento alheio, é suficiente.

Nada servirá de consolo, principalmente na morte de um filho.

 

Vivenciar sofrimento faz ser humano se aproximar de si, levando- até autoconhecimento, para que se possa viver em maior plenitude.

É tarefa difícil compreender que sofrimento existencial é um componente de nossa dinâmica do viver, e, ao contrário, enxerga-se como um castigo, ou uma punição, apenas.

Por outro lado, é justo almejar a alegria e contentamento, entretanto, é a eles que se pretende apegar, procurando desconsiderar seu oposto.

Sofrer não

Quando algo de muito bom nos acontece, geralmente oque mais queremos é comemorar festejar aquele nos dá, sem dúvida, um enorme prazer, aumentando e prolongando a sensação de felicidade.

Como se vê, as perdas de alguém podem acarretar vários tipos de distúrbios e isso deve ser observado pelos familiares e amigos do enlutado.

Um processo adequado de luto varia de 6 meses a 2 anos, entretanto a partir do sexto mês

já é possível verificar se existem sintomas de depressão.

Se possível, os processos de luto devem ser acompanhados por profissionais da saúde.

Facebook Comments