Você Já Pensou Que CHICO XAVIER e EMMANUEL Podem Ter Sido Uma Farsa?

Você Já Pensou Que CHICO XAVIER e EMMANUEL Podem Ter Sido Uma Farsa?

Você Já Pensou Que CHICO XAVIER e EMMANUEL Podem Ter Sido Uma Farsa?

 

https://www.facebook.com/CANALVERDADEESPIRITA/

Uma pesquisa realizada pelo Núcleo de Pesquisas em Espiritualidade e Saúde (NUPES-UFJF), dirigido pelo professor da Famed Alexander Moreira-Almeida, em parceria com o Departamento de Psiquiatria da Universidade de São Paulo (USP) conseguiu provar a veracidade de informações contidas em cartas psicografadas por Chico Xavier.

A pesquisa analisou 99 informações contidas em 13 cartas psicografadas pelo médium mineiro, atribuídas a Jair Presente, morto em 1974, em Americana/SP. O objetivo da pesquisa era comprovar que os dados divulgados nas cartas (todos eles passíveis de confirmação através de documentos da época e/ou depoimentos de familiares do suposto autor) não poderiam ter sido obtidos por Chico Xavier de outra forma.

O estudo concluiu que, além das informações analisadas serem todas críveis, a chance de que o médium as tivesse obtido por outras formas são bem remotas, uma vez que várias delas não eram de conhecimento nem dos familiares que visitaram Chico Xavier.

O psiquiatra Alexander Moreira-Almeida garantiu ainda que, através da metodologia usada neste estudo, poderão ser analisadas as cartas psicografadas por outros médiuns, e esta será a próxima fase do estudo, que é parte do pós-doutorado dos pesquisadores Denise Paraná e Alexandre Rocha.

O Núcleo de Pesquisas em Espiritualidade e Saúde da UFJF realiza pesquisas nas áreas de: “Epidemiologia da Religiosidade e Saúde” , “Experiências Religiosas e Espirituais” e “História e Filosofia das Pesquisas sobre Espiritualidade”

Mas ele sempre rejeitou a autoria de todos :

a obra seria inteira psicografada, ditada diretamente de espíritos que falavam ao médium.

Com o aniversário de falecimento do líder espírita, uma empresa brasileira resolveu investigar a obra de Chico usando inteligência artificial.

A Stilingue, uma empresa que trabalha com análise de textos via inteligência artificial para “ resumir a internet ”, encontrando tendências nas redes sociais, resolveu testar como as obras psicografadas seriam analisadas por uma técnica de aprendizado de máquinas chamada Deep Learning.

No caso de Chico Xavier, o estudo da Stilingue selecionou três dos principais autores psicografados pelo médium :

Emmanuel, André Luiz e Humberto de Campos.

Para “ alimentar ” a rede neural artificial, eles selecionaram três livros de cada autor

– que precisam ser enormes, porque a técnica deep learning exige, no mínimo, um milhão de caracteres por autor conseguir aprender com sucesso.

“ No caso de Humberto de Campos, sentimos um pouco de falta de mais material. André Luiz :

entidade espírita vs. bot Este primeiro texto foi psicografado por Chico Xavier Pranto copioso identificava – os. Nunca fugiremos à lei do Eterno ! Onde você estiver, a voz divina se fará ouvir no imo da consciência … Depois de criar três bots capazes de imitar os autores com uma precisão considerável ( erro de 22% para André Luiz, 5% para Emmanuel e 32% para o Humberto de Campos ), dá para dizer que cada autor tem um estilo razoavelmente marcante e uniforme. Mandaram o bot do Emmanuel escrever com base na obra do Humberto, o do Humberto imitar o André e assim por diante. Os modelos eram incapazes de encontrar os mesmos padrões de estilo de uma entidade espírita nos livros da outra.

Facebook Comments