Quanto tempo os desencarnados demoram para se desligar do corpo físico?

 

Assim como reencarnar se tem auxilio de equipes espirituais destinadas a

trabalhar neste processo, o desencarne também é auxiliado por equipes espirituais para ajudar nesta travessia do mundo físico para o mundo espiritual.

Em ambos os casos tais auxílios é quando se tem merecimento para recebê-los.

O processo de desligamento do cordão fluídico é muito difícil para os que estão ligados a vibração do planeta;

embora poucos espíritos encarnados podem realizar o auto-desligamento do cordão fluídico.

 

AS EQUIPES DE DESLIGAMENTO

As equipes especialistas para este processo de desligamento realizam o rompimento do cordão fluídico de acordo com o merecimento dos espíritos que está desencarnando.

A quantidade de integrantes das equipes varia de acordo com o tipo de desencarne que vai auxiliar, e de acordo com o merecimento do desencarnante.

O TRABALHO DE DESLIGAMENTO

Quando o espírito está desencarnando, e é merecedor do auxilio que as equipes de desligamento fornece, é ajudado da seguinte forma, em caso de morte natural, que é a cessação das forças vitais por velhice ou doenças:

PREPARAÇÃO:

Visitas diárias são realizadas dando auxílio magnético e preparando os familiares, e o espírito desencarnante.

Muitas vezes, ou na maioria das vezes os familiares e os amigos criam uma

aura que fica impedindo e criando dificuldade para o desligamento do cordão fluídico, que são os choros, chamados pelo desencarnante, angustias, gritos, medo, egoísmo…

isto deixa mais complicado o trabalho da equipe espiritual;

para criarem barreiras de proteção contra tais vibrações dos familiares, a equipe espiritual cria uma melhora fictícia para neutralizar estas vibrações que prendem o espírito desencarnante no corpo;

esta melhora também serve para concluir suas ultimas tarefas e para a despedida com seus entes queridos.

DESLIGAMENTO:

Muitos motivos deixa o espírito desencarnante ligado a matéria, como o amor aos entes queridos, ou aos bens que possuía, ou preocupações, ou problemas…

por estes motivos o processo de desligamento do cordão fluídico, é a ultima parte do processo de desencarne, é na maioria dos casos realizado depois de algum tempo da morte do corpo físico dado pela ciência.

Até o rompimento do cordão o espírito fica vulnerável à influência do ambiente em que está, ficando menos consciente e fraco;

depois do desligamento, o aumento do grau de consciência e de fortalecimento vai crescendo gradualmente.

Para os espíritos mais evoluídos o desligamento é quase imediato. Dependendo do grau de desprendimento e de evolução, os espíritos se mantém parcialmente conscientes do que acontece, sendo o caso de espíritos de nível médio.

Por isso é comum entes queridos já desencarnados está presente neste momento de grande transição, para tranquilizar, dar esperança, e segurança ao espírito que está desencarnando.

Antes do desligamento: os laços que prendem o espírito ao corpo material, vai se desligando aos poucos durante as doenças prolongadas que antecipam o fim do corpo material, por isso os doentes tem mais facilidade para se preparar para o desligamento.

As sensações durante o desligamento: estão relacionadas ao padrão espiritual e ao apego a matéria.

Alguns desencarnam com facilidade;

inúmeros dormem longos sonos, outros nada percebem. Os que estão despertos são colocados para dormir, assim o impacto das energias negativas não são sentidos.

Outros fazem o exame imparcial de todos os acontecimentos de sua vida. Mas deixando claro que, cada caso é um caso, e o merecimento e o desprendimento são levados em consideração.

Fonte

RECEBA MOSSA NEWSLETTER

Facebook Comments