Leilão de Escravos na Líbia Visão Espírita

Jovens africanos na rota migratória para a Europa, vendidos em leilões como escravos, surrados, sequestrados em troca de resgate.


MAIS INFORMAÇÕES Leilão de escravos na Líbia causa indignação em toda a África Leilões de escravos às portas da Europa Leilão de escravos na Líbia causa indignação em toda a África Um calvário doméstico Leilão de escravos na Líbia causa indignação em toda a África

“Escravos na Líbia É muito perverso ter tudo ajeitado para que trabalhadores sejam escravizados”

“A escravidão não tem lugar em nosso mundo”,

disse Guterres nesta segunda-feira, “isto nos recorda da necessidade de abordar os fluxos migratórios de maneira global e humana e reforçar a cooperação internacional para reprimir os atravessadores e traficantes, e para proteger os direitos de suas vítimas”.

Os mais midiáticos foram os jogadores de futebol que atuam na Europa,

encabeçados por Geoffrey Kondogbia, atleta do Valencia de origem centro-africana,

que neste domingo, durante um jogo contra o Espanyol, ostentou uma

camiseta com os dizeres: “Futebol à parte, não estou à venda”.

(“parem a escravidão” e “parem a escravidão na Líbia”)

 

estão aglutinando as mensagens de uma campanha que foi sendo

orquestrada aqui e ali, sob a liderança de artistas, intelectuais e ativistas

que criticam a Líbia, mas também a União Europeia, acusada de

cumplicidade com o regime desse país africano,

“eleito como sócio encarregado de assegurar a fronteira sul da Europa”,

segundo um manifesto assinado, entre outros, pelos cantores

Tiken Jah Fakoly, Salif Keita e Angelique Kidjo, pelo ator Omar Sy,

pelo ciberativista Cheik Fall, pelo escritor Alain Mabanckou e pelo ex-tenista Yannick Noah.

Neste sábado, cerca de mil pessoas saíram às ruas de Paris sob o lema

“não à escravidão na Líbia”, enquanto os países começam a adotar medidas.

Seguindo o conselho da União Africana, a Costa do Marfim decidiu

repatriar no fim de semana 155 migrantes que estavam retidos em um centro de detenção de Zouara, no oeste da Líbia.

Escravidão na Líbia – Visão espírita

Veja Também

Como tratar, recuperar e vencer a Bronquite

 

Conselhos

 

 

Os 10 Conselhos de André Luiz

 

 

tiraram do corpo

 

 

Os Seres que me Tiraram do Corpo e me Falaram

Facebook Comments