NÃO FAÇA CARIDADE COMO TE FOI ENSINADO

Beneficência, esmola.) é um termo derivante do latim caritas (afeto, amor), que tem origem no vocábulo grego chàris (graça).


A prática da caridade é notável indicador de elevação moral e uma das práticas que mais caracterizam a essência boa do ser humano, sendo, em alguns casos, chamada de ajuda humanitária.

E afirma que se uma pessoa não se amar adulterando e mentindo a si mesma sobre as coisas que a rodeia, defendendo somente o seu ponto de vista sem pensar no ponto de vista divino, pode estar “amando” o seu próximo, mas da sua maneira, pois quanto mais buscar o esclarecimento divino sobre como amar a si mesma, maior poderá ser o amor desta pessoa pelo seu próximo.

afirma que nos dias atuais muitos estão buscando a Cristo, mas da sua “maneira”, não procurando arrepender de suas ações, pois em si mesmos não acham culpa alguma, pois defendem os seus próprios pontos de vista.

Esquecem-se que o salário de pecado é a morte, e quem não se ama (caridade) peca, pois quem exerce a caridade, não peca, pois acaba amando à Deus mais do que a si mesma, ouvindo assim a sua voz e colocando em prática a Verdade que recebe.

FAÇA CARIDADE Resumindo e usando as palavras

do Compêndio do Catecismo da Igreja Católica, “a caridade é a virtude teologal pela qual amamos a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos por amor de Deus.

A caridade é «o vínculo da perfeição»  e o fundamento das outras virtudes, que ela anima, inspira e ordena: sem ela «não sou nada» e «nada me aproveita»

caridade, portanto, reflete o princípio cristão fundamental de amor mútuo entre todos, independentemente da situação em que se encontrem, tendo aplicação no âmbito moral e material.

No livro O Evangelho Segundo o Espiritismo, que faz um estudo dos ensinos de Jesus, a comunicação do espírito identificado como Paulo, o apóstolo, dá um bom panorama de como a caridade deve ser encarada:

“Meus filhos, na máxima: Fora da caridade não há salvação, estão encerrados os destinos dos homens, na Terra e no céu;
Essa divisa é o facho celeste, a luminosa coluna que guia o homem no deserto da vida, encaminhando-o para a Terra da Promissão.

Ela brilha no céu, como auréola santa,

na fronte dos eleitos, e, na Terra, se acha gravada no coração daqueles a quem Jesus dirá: Passai à direita, benditos de meu Pai.

Esforçai-vos, pois, para que os vossos irmãos, observando-vos,

sejam induzidos a reconhecer que verdadeiro espírita e verdadeiro

cristão são uma só e a mesma coisa, dado que todos quantos

praticam a caridade são discípulos de Jesus, sem embargo da seita a que pertençam.

Espiritismo tenta, pela demonstração ao homem de sua condição de

espírito imortal, impulsioná-lo à doação de si próprio

ao bem daqueles que dele podem obter auxílio.

Quando o homem enxerga a vida como algo que se definha, efêmera,

ao passar do tempo, o seu instinto natural

de conservação lhe impulsiona ao egoísmo.

A caridade, neste caso, é como um mero trabalho que um trabalhador

executa, sabendo que é necessário ao fim pretendido

pelo seu senhor, que lhe dará o seu salário.

“A importância da vida presente,

tão triste, tão curta, tão efêmera, se apaga, para ele, ante o esplendor

do futuro infinito que se lhe desdobra às vistas.

A consequência natural e lógica dessa certeza é sacrificar o homem um

presente fugidio a um porvir duradouro, ao passo que antes ele tudo sacrificava ao presente.

O diferencial proposto pelo Espiritismo é conceber a caridade como

um dever natural decorrente da própria natureza

e da ordem das coisas ao invés de mais um ensino moral.

Entendendo o espírito que já passou e passará pelas mais

diversas situações em diferentes encarnações no caminho

da evolução, qualquer prejuízo que gere a outrem será um prejuízo causado contra si.

Quem quiser tomar um PASSE para ter um dia melhor,
Clica.

NÃO FAÇA CARIDADE COMO TE FOI ENSINADO

Veja Também

Como tratar, recuperar e vencer a Bronquite

 

Conselhos

 

 

Os 10 Conselhos de André Luiz

 

 

tiraram do corpo

 

 

Os Seres que me Tiraram do Corpo e me Falaram

 

.

Facebook Comments