Obsessão Noturna, Cigarro, 2019, Animais, Celular e muito mais

O espírita consciente compreende que qualquer tarefa, realizada ou não na Casa Espírita, está passível de sofrer interferências indevidas que podem comprometer o seu funcionamento harmônico.


No que diz respeito à prática mediúnica em geral, e ao comportamento dos integrantes da reunião mediúnica, em particular, a vigilância deve ser redobrada, a fim de que a obsessão não se instale.

Obsessão Noturna Daí Emmanuel recomendar:

“Toda vez que obstáculos se nos interponham entre o dever da ação e a necessidade da cooperação no serviço do bem aos semelhantes, que redundará sempre em benefício a nós mesmos, peçamos o Auxílio Divino, através da prece silenciosa.

c) lesões físicas que afetam certas estruturas ou órgãos relacionados ao raciocínio, à cognição, à emoção, etc.

As imperfeições morais (egoísmo, orgulho, vaidade, ciúme, inveja, ganância, rancor, entre outras) e vícios, de qualquer natureza, são em geral definidos como fator secundário, uma vez que o indivíduo se compraz em manter sintonia mental com entidades que apresentam as mesmas tendências/inclinações e gostos.

De uma forma ou de outra,

a obsessão conduz a pessoa a quedas morais, pois suas estruturas mentais e o seu pensamento são continuamente submetidos a influências perniciosas, próprias ou estranhas, que produzem, em consequência, atordoamento, do raciocínio, da ideação, das emoções e dos sentidos como pondera Emmanuel:3

sexo, que constrói o lar em nome de Deus, por toda parte é vítima de tremendos abusos pelos quais se amplia terrivelmente o número de enfermos cadastrados nos manicômios.

Em se tratando da prática mediúnica, Kardec apresenta nove sinais

mais evidentes do processo obsessivo, aplicados tanto ao médium,

propriamente dito, ou seja, aquele que é portador de mediunidade

de efeitos patentes (psicofonia, psicografia, vidência, etc.)

como a qualquer outro trabalhador da reunião mediúnica:

1ª persistência de um Espírito em se comunicar, queira ou não o médium,

pela escrita, pela audição, pela tiptologia [ruídos, como pancadas e batidas],

etc., opondo-se a que outros Espíritos o façam;

3ª crença na infalibilidade e identidade absoluta dos Espíritos que se comunicam

e que, sob nomes respeitáveis e venerados, dizem coisas falsas e absurdas;

Assim como as moléstias resultam das imperfeições

físicas que tornam o corpo acessível às influências perniciosas exteriores,

a obsessão decorre sempre de uma imperfeição moral, que dá ascendência a um Espírito mau.

Daí, para o obsidiado, a necessidade de trabalhar pela sua própria melhoria,

o que na maioria das vezes é suficiente para livrá-lo do obsessor, sem o socorro de pessoas estranhas.

O Espírito André Luiz, por sua vez, esclarece:

Você, enfim, talvez se veja em qualquer estado de introdução

ao desequilíbrio espiritual, prestes a cair sob cadeias obsessivas…

Mas, se você realmente deseja livrar-se disso, deve compreender,

antes de tudo, que precisa de esclarecimento e de amparo.

Entretanto, para que você obtenha luz e auxílio é indispensável adote duas atitudes fundamentais:

Estudar e raciocinar,
a fim de instruir;

Perguntas e Respostas:

Veja Também

Como tratar, recuperar e vencer a Bronquite

 

Conselhos

 

 

Os 10 Conselhos de André Luiz

 

 

tiraram do corpo

 

 

Os Seres que me Tiraram do Corpo e me Falaram

 

 

.

Facebook Comments