Psicografia de José Rico

José Rico ( inédita )
Psicografia Lino Zechetto
Araçatuba SP
09/08/018

# nota do médium
As psicografias são realizadas entre 10 /15 minutos.
Posteriormente são digitadas. Não são editadas (salvo exceções).

Zé Rico

Boa noite a todos os amigos.
Quanta alegria de poder participar.
Que essa vá direto aos corações saudosos que tanto pensam e oram por nós.

‘ Chaves do Céu ‘

Jesus
Nos dê as chaves do Céu

Não importa aonde estou,
Com Você
Se me chamar eu vou

Quero morar nesse lugar
Que de tão lindo, divino,
Tanto me atrai

Eu procuro em seus gestos, seus manifestos, oriundos da dor do Amor
Os caminhos a seguir

Quando rezo eu peço
Amor, Carinho, Proteção
E as canções saem…

Fluem como o acaso
Iguais às estrelas, aos astros
Que nos inspiram, nos observando do Céu

É tudo tão maravilhoso, tão real
O bem se sobrepondo ao mal

Emociona entender tudo isso
Não é milagre, não se trata de feitiço
É nosso Irmão, nosso Cristo
A nos amparar, abençoar

Sigo pela estrada do meu Pai
Um caminho sem fim…

Canto, toco minha viola
Sinto saudades da terra, da minha gente

Lágrimas formam correntes, com a chuva a se misturar

Em nossa casa, noite alta, madrugada esfria
Me junto a eles, para saudades aliviar

E com o tempo passando, os afazeres da vida, o cotidiano
Pouco tempo para se lamentar

Apenas as lembranças da alegria, dos risos que contagia e uma forte vontade de cantar:

-Jesus abra os portões, jogue as chaves do Céu
Permita que eu, os meus e a quem possa interessar
Ao seu Reino possa ingressar
Vivermos, sermos eternamente felizes juntos
Jesus jogue as chaves do Céu
José Rico

 

Jose Rico
Psicografia Lino Zechetto
Araçatuba, 01/018

Zoom

Nos palcos da vida somos todos iguais, perante a Deus.
Cada um com suas provas,
Mais rico, mais feio, mais bonito,
Pouco importa,
Todos temos que pagar.
Viajei pelo mundo afora,
Cantei, toquei viola
Milhões me ouviram cantar.
Um alguém especial,
Deus enviou pra me acompanhar,
Seguiu comigo,
Pela estrada da vida,
Me deu amor, paz
Fez companhia,
Nas horas tristes,
Na alegria.
Dividiu comigo as cruzes,
Que tínhamos para suportar.
Ela é uma doce pessoa,
É mulher,
Já foi menina,
Nunca deixou de me amar.
Se estamos separados,
Cada um para um lado,
Fiquem certos,
Suportamos calados,
Um forte dor.
Qual origem,
É a senha do Amor,
Que trocamos em nosso olhar.
Fica com Deus minha querida,
Suporte com garra,
Se agarre na força,
Que nos provém a vida
Certeza,
Nunca deixaremos de nos Amar.

De José Rico para minha esposa querida.

Facebook Comments