Os 7 Tipos de Espíritos Obsessores

Os 7 Tipos de Espíritos Obsessores

 

Os 7 Tipos de Espíritos Obsessores

O principal objetivo de nomearmos os espíritos obsessores é apenas facilitar a identificação de cada um deles e assim entender melhor sua origem e seus motivos.

Não temos a minima intenção de menosprezá-los, até porque eles são nossos irmãos espirituais e também estão em evolução.

Assine a nossa Newsletter

 

 

 

 

 

 

 

 

 



 

1 – Obsessor Caseiro


Descrição:

É uma alma desencarnada que em vida tinha muito apego a um certo lugar e escolheu continuar vagando por lá.

Na maioria das vezes, é um espirito solitário, que continua perdido e por isso continua morando no mesmo local.

Como qualquer obsessor, é um ser desequilibrado e desajustado, porém normalmente não tem más intenções.

Comportamento: Raramente tenta fazer mal as pessoas, mas muitas vezes tem a intenção de expulsá-las, pois acha que é o único com direito de morar no local.

2 – Obsessor por Atração


Descrição:

Este espírito normalmente é atraído por afinidade, quando encontra alguém com o mesmo perfil psicológico ou com afinidade as mesmas energias negativas como:

Raiva, mau-humor, agressividade, vícios, ciúmes, inveja, depressão, ódio e ganância.

Ele também não é mal intencionado, apenas deseja se alimentar dessas energias que ao seu ver são prazerosas.

Comportamento:

Este espírito tem como objetivo se alimentar ao máximo das energias que ele gosta. Normalmente não quer causar nenhum mal a seu obsediado.

Pelo contrário, muitas vezes ele acaba o protegendo pois é sua fonte de prazeres.

3 – Obsessor por Amor


Descrição: Este é um espírito que desencarnou e escolheu permanecer 24 horas por dia, ao lado de um alguém que ele amava desesperadamente.

Normalmente é um recém-desencarnado, ex-marido, ex-amante ou um familiar muito próximo. Além disso ele normalmente não tem consciência de sua morte.

Na maioria das vezes ele está indignado, revoltado ou inconformado, principalmente por não ter mais a convivência com aquela pessoa.

Comportamento: Este obsessor não tem a mínima intenção de fazer mal a pessoa. No entanto as suas potentes energias negativas, acabam fazendo muito mal a quem ele ama.

4 – Obsessor Escravo


Descrição: Infelizmente é comum um espírito ficar traumatizado e confuso com sua “morte”, e continua a vagar, como se fosse um zumbi.

Por mais triste que seja existem pessoas encarnadas que sabem como aprisionar e fazer espíritos seus escravos.

Por medo de sofrerem, obedecem as ordens de seus chefes encarnados. Seja para fazer o bem, ou o mal…

Comportamento: São espíritos que não tem um padrão de comportamento, pois as ordens de quem os comanda podem ser extremamente variadas. Infelizmente é difícil este tipo de espírito se libertar por si só e por isso acaba precisando de ajuda do mundo espiritual.

5 – Obsessor Autônomo


Descrição: Alguns espíritos que eram muito apegados aos prazeres materiais quando encarnados, continuam vivendo no mundo físico mesmo depois de sua morte.

Eles vivem em bordéis, bares, pontos de uso drogas ou qualquer outro local no qual conseguem se alimentar dessas energias.

Muitas vezes, por vontade própria fazem favores para pessoas encarnadas em troca dessas energias.

Comportamento: Estes espíritos não tem a intenção de praticar o mal. Porém por se tornarem escravos de seus desejos, acabam fazendo qualquer coisa para conseguirem satisfação.

6 – Obsessor Enviado


Descrição: Esses espíritos acreditam fielmente que tem a missão de combater o bem e todos os encarnados que praticam atitudes positivas.

Normalmente são espertos, sutis, inteligentes e em alguns casos são até refinados espiritualmente.

Alguns deles possuem conhecimentos e habilidades que às vezes são até superiores do que as de suas vitimas encarnadas.

Comportamento: Seus objetivos são destruir os frutos do bem, e assim implantar os seus conceitos deturpados e negativos.

Eles sempre atuam em suas fraquezas individuais, estimulando intrigas, fofocas, ciúmes e brigas.

7 – Obsessor Vingativo


Descrição: Este é um caso mais raro de obsessão, porém é um dos piores. Pois os motivos desse obsessor estão firmemente enraizados no passado.

Normalmente nossa memória é limitada ao que está registrado ao nosso cérebro físico, ou seja, não lembramos dos acontecimentos antes de reencarnarmos.

Já este obsessor, tem essas dolorosas lembranças como se tivessem acabado de acontecer. Ele ainda sente na própria pele aquelas dores profundas.

Comportamento: Ele se lembra perfeitamente de tudo que sofreu nas mãos de seu obsediado.

Por ter essas memórias negativas, é movido por muito ódio e está disposto a seguir seu obsediado do berço ao túmulo para conseguir se vingar.

 

Facebook Comments