Como outras civilizações conseguem viajar longas distâncias?

Viagem interestelar é, na ficção científica, uma viagem não-tripulada ou tripulada entre as estrelas, embora o uso do termo geralmente denote a última.


VEJA O VÍDEO NA INTEGRA

Há uma tremenda diferença entre viagem interestelar e viagem interplanetária, principalmente devido às distâncias muito maiores envolvidas.

Como um objetivo prático, a viagem interestelar tem sido ferozmente debatida por vários cientistas, autores de ficção científica, hobbistas e entusiastas.

Dado suficiente tempo de viagem e trabalho de engenharia, viagem interestelar não-tripulada e geracional parece ser possível, embora represente um desafio tecnológico e econômico considerável, improvável de ser resolvido (particularmente no tocante a veículos tripulados) ainda por algum tempo.

enviaram-se missões robóticas a cada planeta do Sistema Solar, humanos à Lua, e fizeram-se planos de missões tripuladas a Marte durante anos.

Viajar longas distâncias A viagem interestelar

é enormemente mais difícil pelas distâncias milhões de vezes maiores às estrelas vizinhas.
As distâncias astronômicas são por vezes medidas segundo a quantidade de tempo que demora um raio de luz em viajar entre dois pontos (ver ano-luz).

Conforme divulgado em setembro de 2013, a sonda saiu da Heliosfera

em agosto de 2012, e já se encontra no espaço interestelar,

a mais de 125 UA de distância da Terra.

Mesmo assim, no estágio presente da tecnologia espacial, as mais

longas missões não-tripuladas (as sondas Voyager) têm uma vida

útil estimada em aproximadamente 60 anos, metade dos quais já se passaram.

Após esse prazo, sistemas vitais de tais sondas (como a geração de energia) começarão a falhar e não haverá possibilidade de reparos.

A Voyager 1 é a nave espacial mais

rápida já construída e pode alcançar uma velocidade de

77,3 km/s (278.280 km/h) ou 0,0257% da velocidade da

luz (em relação à Terra), já que a velocidade da luz corresponde a 1.079.252.848,8 km/h.

Tal tempo poderia ser reduzido para alguns poucos milênios com

o uso de veleiro solar ou para poucos séculos com o

uso de propulsão por pulsos nucleares (sistema Orion).

As atuais teorias da Física afirmam que é impossível viajar mais

rápido que a luz e afirma-se que, se isso fosse possível,

seria também possível a construção de máquinas do tempo.

Quem quiser tomar um PASSE para ter um dia melhor,
Clica

Como outras civilizações conseguem viajar longas distâncias?

Veja Também

Como tratar, recuperar e vencer a Bronquite

 

Conselhos

 

 

Os 10 Conselhos de André Luiz

 

 

tiraram do corpo

 

 

Os Seres que me Tiraram do Corpo e me Falaram

 

.

Facebook Comments