Hitler não morreu – E SE FOR VERDADE

Hitler não morreu – E SE FOR VERDADE

Hitler não morreu – E SE FOR VERDADE

Assine a nossa Newsletter



A morte de Adolf Hitler sempre esteve envolta em dúvidas. A versão oficial conta que ele se suicidou em um bunker alemão em 1945, junto com sua companheira, Eva Braun. Mas muita gente acredita que, na verdade, ele escapou para a América do Sul. Agora, cientistas afirmam que colocaram um fim definitivo ao mistério.

PUBLICIDADE

Vídeo relacionado:

Os pesquisadores tiveram acesso aos dentes remanescentes do ditador nazista. De acordo com o European Journal of Internal Medicine, a análise dos especialistas sugere que Hitler tirou mesmo a própria vida. “Os dentes são autênticos, não há dúvidas disso. Nosso estudo prova que Hitler morreu em 1945”, disse o professor Philippe Charlier. “Podemos abandonar todas as teorias da conspiração. Ele não fugiu de submarino para a Argentina, nem está escondido em uma base na Antártida ou no lado escuro da lua”, completou.

Após o duplo suicídio, os corpos de Hitler e Eva Braun foram queimados. Depois disso, o serviço de inteligência da União Soviética recolheu um pedaço da mandíbula superior e de alguns dentes do ditador. Pela primeira vez, cientistas internacionais tiveram acesso a esse material.

Comparando os dentes encontrados com radiografias e registros odontológicos de Hitler, os cientistas confirmaram sua autenticidade. Além disso, os pesquisadores descobriram que o ditador tinha péssima higiene bucal. Ele tinha apenas quatro dentes originais, os outros eram falsos, feitos de metal. Nos dentes de metal tembém foram encontrados resquícios que sugerem uma reação química provocada por envenenamento por cianeto.

 

Fonte: History

Facebook Comments