Energias Geradas na Prostituição e as Consequências Mediúnicas

Mesmo sem necessidade de recorrer a explicações espiritas, no âmbito mesmo psicologico e social da questão, a prostituição é algo doloroso para quem a pratica, porque é a pessoa é levada a comercializar o próprio corpo e tolerar relacionamentos sexuais quando a sexualidade em sua origem é um fator que, harmoniosamente vivenciado conduz a um estado de satisfação psicológica e até mesmo espiritual.  

Energias Geradas na Prostituição e as Consequências Mediúnicas

Nosso meio espirita, herdando parte da cultura religiosa antiga, muitas vezes mostra discursos de alguns irmãos que condenam generalizadamente quem se prostitui e quem busca contatos na área.  

Mas, além disso, havia a prática de homens solteiros que enganavam moças de classes sociais mais baixas, e quando alcançavam o objetivo sexual as abandonavam, no que elas em maioria eram expulsas de casa pelo pai e acabavam na prostituição que era o único refúgio que as aceitavam.  

Veja:

Prostituição E os homens casados que não tinham liberdade 

E os homens casados que não tinham liberdade para certas carícias sexuais com suas esposas, porque a falsa moral condenava, e recorriam a prostitutas?  

em todos os tempos, pensemos, como fica a situação de pessoas que são portadoras de algumas deformações fisicas que as impedem ou dificultam muito o encontro de realização afetiva pelos laços do casamento?  

Um dia, faz muitos anos, quando terminou a reunião em nossa então casa espirita, um homem cujo corpo resumia-se das coxas para cima e ainda tinha os braços aleijados, acercou-se de mim.  

Contou que havia tido uma vida muito difícil no campo afetivo sexual, porque nunca havia notado alguém que se interessasse por ele, e ele jamais havia tido coragem de declarar-se a ninguém, mesmo porque nunca havia ocorrido um clima de simpatia que facilitasse.  

Finalmente, aquele homem desabafava mais e dizia que mesmo com todos aqueles detalhes, ele ficava em dúvida se era certo o relacionamento, porque não havia perspectivas de casamento, nem dela sair da prostituição.  

Ao mesmo tempo, afirmava que lhe era muito dificil romper a relação, porque era nele que pela primeira vez na vida havia experimentado o que era ser acariciado por alguém, exceto as carícias de mãe.  

Prostituição Ao final, não eram apenas lágrimas 

que fiz foi lembrar a ele que aos olhos de Deus o que prevalece não são as máscaras humanas e sim a busca de bons sentimentos.  

Mas percebo que a Misericórdia de Deus é tamanha que mesmo nas situações mais complexas pode mostrar-se em qualquer parte e em quaisquer condições, uma das razões pelas quais disse-nos Jesus: “Não julgueis, porque com o mesmo rigor com que julgardes sereis julgados”.  

Prostituição Precisamos Definir Uma Ética Sexual  

Vampirismo é um tipo de obsessão no campo das viciações sensoriais que nada mais é a sucção de energias vitais da vítima por esses astrais e espirituais ou pelo próprio companheiro encarnado.  

Acredito que mais de 90% da população dos vampiros emocionais é formada por seres inconscientes, ou seja, que não têm consciência de que são e estão vampirizando pessoas à sua volta.  

Há também vampiros emocionais no plano espiritual, e vampiros energéticos, que se nutrem também da energia emanada, de alimentos, bebida, cigarro, e principalmente da sensação que os vivos obtêm ao fumar, beber, tomar droga, comer, fazer sexo e etc.  

Essas energias impregnam a pessoa através da sua aura e vão agindo no campo energético e congestionando os canais que levam energias vitais aos órgãos e sistemas, desencadeando enfraquecimento e doenças físicas, emocionais, psíquicas e energéticas.  

As sensações que você esta sentindo podem não estar 

– Quanto mais excitação, melhor – Quanto mais energia sexual gerada, melhor, – Relações sexuais, – Masturbações – Nada

satisfaz, É uma tesão compulsiva.  

Os vampirizadores adotam as formas que bem desejam, na maioria das vezes associam-se às fantasias mentais da

pessoa, até mesmo aquelas escondidas no mais profundo do ser.  

-Essa energia sexual concentrada no ato sexual forma em ambos um campo energético de atração, que atraem seres do

plano astral e formas do plano mental.  

-No orgasmo ocorre uma pequena explosão energética que atrai seres em todos os níveis, inclusive espiritual, de zonas

de baixo nível de vibração, que necessitam dessas energias, fluídos e secreções para sobreviver.  

-Nosso parceiro(a), dependendo do seu nível de desorganização energética, mental e emocional, pode ser o maior

vampiro da nossa energia sexual ou o canal de acesso dos vampirizadores astrais e espirituais.  

Um orgasmo pode ser uma explosão de energias densas 

Um orgasmo pode ser uma explosão de energias densas, que impregnam a aura do parceiro e atraem vampiros e larvas

de regiões de baixíssimas vibrações…carregados de vampirizações do companheiro, escravizações egoísmos…nunca

trazem união e harmonia, sempre após, trazem rejeições, irritações, até agressividade em relação ao

parceiro, desenergização, cansaço, depressão…normalmente são provocados por parceiros cuja a aura já está

impregnada de energias densas…podem gerar doenças e desequilíbrios no parceiro.  

Se as energias de um dos parceiros estiverem impregnadas de sentimentos de opressão, de raiva, infelicidade, energias

coléricas irão, sem dúvida alguma, impregnar a aura do parceiro, e teremos aquele relacionamento doentio, como que se

“fazer sexo despertasse raiva e nojo no momento seguinte”, após o prazer o desejo é de solidão.  

Mais cedo ou mais tarde seremos responsabilizados  

Um homem que leva para o leito conjugal seu corpo energético, sua aura, seu corpo etérico, contaminados, como uma

grande lixeira, como um aspirador que captou esses fluídos densos e doentios, deletéricos e

destruidores, impregnadores de fluidos que comprometem o físico, emocional, energético e espiritual, colhidos nos finais

de festas em camas de prostitutas/prostitutos e do sexo fácil e desequilibrado, certamente não ama sua(seu) companheira

ou companheiro, pois além disso tudo expõe o leito dito de amor aos ataques dos vampiros sexuais.  

Pois é, o excesso de energia (Boa ou Ruim) de um salta para a Aura do Outro, na necessidade de diluir sua concentração,

contamina o outro ou, em alguns casos é purificado pela aura do outro/outra, que super-carregado(a) de energia mais

sutil re-equilibra o excesso de energias densas do(a) companheiro(a).  

PRECEITO MORAL? CARETA? COISA DE RELIGIÃO? 

Se isso resultou em leis morais, pela falta de esclarecimento e condições de explicar ao povo realidades que apenas hoje,

através da Física Quântica são compreensíveis, o que nos importa é que esse mundo energético existe e interagimos com ele.  

De forma alguma queremos estimular a segregação de prostitutas e profissionais do sexo, pois dentro dos conceitos do

livre arbítrio todos tem seu espaço e função no universo.  

Facebook Comments