Sono e Sonhos na Visão Espírita Orientações da médium Isabel Salomão de Campos

Categorizados por Allan Kardec como fenômenos de emancipação da alma, o sono e os sonhos são indicativos de que o Espírito encarnado nunca está inativo, ainda que mantido ligado ao corpo físico pelo perispírito:

aproveita-se do repouso do corpo e dos momentos em que a sua presença não é necessária para atuar isoladamente e ir aonde quiser, no gozo então da sua liberdade e da plenitude das suas faculdades.

qualquer que seja a distância a que se transporte, conserva-se preso sempre ao corpo físico por um laço fluídico , que serve para lembrá-lo de retornar a este, desde que a sua presença ali se torne necessária.

Sono e Sonhos na Visão Espírita O resultado imediato do sono é o sonho,

conceituado pelos orientadores da Codificação Espírita como

a lembrança do que o vosso Espírito viu durante o sono.
Apenas não se recordam dos acontecimentos ocorridos na outra dimensão da vida:

como o corpo é matéria pesada e grosseira, dificilmente conserva as

impressões que o Espírito recebeu, já que tais impressões não

chegaram ao Espírito por meio dos órgãos do corpo.

Os sonhos são efeito da emancipação da alma, que se torna mais

independente pela suspensão da vida ativa e de relação.


Reunião espírita de perguntas e respostas com a médium Isabel Salomão de Campos, realizada na Comunidade Espírita “A Casa do Caminho”, de Juiz de Fora (MG) em fevereiro de 2008. Mais informações em www.acasadocaminho.org.br
Plantão de socorro espiritual: (32) 3216-9616

Facebook Comments