Espírito Pai João de Aruanda Entrevistado pelo Médium Robson Pinheiro

Os Espíritos atestam sua presença de várias maneiras, conforme sua aptidão , vontade e maior ou menor elevação.  

Todos os fenômenos de que teremos ocasião de tratar ligam-se, naturalmente, a um ou outro desses modos de comunicação.  

Médium Robson Pinheiro entrevista o espírito Pai João de Aruanda

só têm por fim chamar atenção para qualquer coisa e convencer-nos da presença de um poder sobre-humano.  

Toda manifestação que tem sentido, mesmo quando não passa de simples movimento ou ruído, que acusa certa liberdade de ação, corresponde a um pensamento ou obedece a uma vontade, é uma manifestação inteligente.  

A natureza dessas comunicações varia segundo a elevação ou a inferioridade, o saber ou a ignorância do Espírito que se manifesta e conforme a natureza do assunto de que se trata.  

Podem ser: frívolas – procedem de Espíritos levianos, zombeteiros e travessos, mais malandros que maus, e que nenhuma importância ligam ao que dizem.  

Os Espíritos sérios ligam-se àqueles que querem instruir-se e os ajudam, ao passo que deixam aos Espíritos levianos a tarefa de divertir com suas facécias àqueles que não veem nessas manifestações senão um passatempo.  

Só pela regularidade e pela freqüência das comunicações é que se pode apreciar o valor moral e intelectual dos Espíritos com os quais nos entretemos, bem como o grau de confiança que merecem.  

Veja:

Médium Espírita de Allan Kardec 

Os fenômenos paranormais, dividem-se em dois grandes grupos;  

São eles: Telepatia – Transmissão e captação de conteúdos mentais (pensamentos), entre duas ou mais pessoas, sem a intervenção de qualquer meio físico detectável.  

Demonstram o poder que pode ser exercido sobre o próprio organismo, assim como sobre a matéria em geral, usando aparentemente e exclusivamente, a mente.  

Levitação – é a capacidade de uma pessoa se erguer no espaço, vencendo a força da gravidade (ou anulando-a parcialmente), sem o apoio de qualquer acção física controlável.  

Ubiquidade – capacidade de estar simultaneamente em vários lugares (não se trata de omnipresença), porque só existe uma presença efetiva, enquanto as outras são “projeções”, que podem converter-se em efetivas, passando a origem a ser uma projeção ou a desaparecer de facto.  

Fenômenos do Médium propriamente ditos 

Não esqueçamos que a denominação de fenômenos do Médium propriamente ditos designa um conjunto de manifestações supranormais, de ordem física e psíquica, que se produzem por meio de um sensitivo a quem é dado o nome de médium, por se revelar qual instrumento a serviço de uma vontade que não é a sua.  

(Ver: Manifestações mediúnicas entre vivos) ____quando a de um vivo atua desse modo, à distância, somente o pode fazer em virtude das mesmas faculdades espirituais que um defunto põe em jogo. 

Alexandre_Aksakof classificou os fenômenos medianímicos em três categoriasde fenômenos: 

____Demonstrando que as duas primeiras categorias provinham das faculdades supranormais, inerentes à subconsciência_humana, sem qualquer intervenção de Espíritos de mortos.  

As principais manifestações são: 

princípio de todas as manifestações 

O conhecimento dele foi a chave da explicação de uma imensidade de fenômenos e permitiu que a ciência espírita desse largo passo, fazendo-a enveredar por nova senda, tirando-lhe todo o cunho de maravilhosa.  

Dos próprios Espíritos, porquanto notai bem que foram eles que nos ensinaram o caminho, tivemos a explicação da ação do Espírito sobre a matéria, do movimento dos corpos inertes, dos ruídos e das aparições.  

Acresce que se acha sancionada pelo testemunho dos livros sagrados e pelo dos Pais da Igreja, tendo sido preciso o cepticismo e o materialismo do nosso século para que fosse lançada ao rol das ideias supersticiosas.  

Médium manifestações espíritas 

os que se acham possessos_dos_spíritos_dos_mortos são por todos chamados demoníacos e furiosos (et qui ab animabus mortuorum correpti projiciuntur daemoniaci et furiosi ab omnibus appellati).” Até hoje, os fenômenos mediúnicos que se desdobraram à margem do apostolado do Cristo se definem como sendo um conjunto de teses discutíveis, mas os ensinamentos e atitudes do Mestre constituem o maciço de luz inatacável do Evangelho, amparando os homens e orientando-lhes o caminho.  

____Ninguém vacila, porém, quanto à grandeza moral de Jesus, ao traçar os mais avançados conceitos de amor_ao_próximo, ajustando teoria e prática, com absoluto esquecimento de si mesmo em benefício dos outros, num meio em que o espírito de conquista legitimava os piores desvarios da multidão.  

respeito à visão 

_Há, todavia, consenso unânime, em todos os lugares, com respeito à visão superior do Mensageiro Divino, que dignificou a solidariedade como ninguém, proclamando que “o maior no Reino dos Céus será sempre aquele que se fizer o servidor de todos na Terra”, num tempo em que o egoísmo categorizava o trabalho à conta de extrema degradação.  

____O mundo, no entanto, a uma voz, admira a coragem do Eterno Amigo que se consagrou aos sofredores e aos

infelizes sem qualquer preocupação de posse terrestre, conquanto pudesse escalar os pináculos econômicos, numa

época em que, de modo geral, até mesmo os expositores de virtude viviam de bajular as personalidades influentes e

poderosas do dia.  

Quando começaram a produzir-se os estranhos fenômenos do Espiritismo 

_Quando começaram a produzir-se os estranhos fenômenos do Espiritismo, ou, dizendo melhor, quando esses fenômenos

se renovaram nestes últimos tempos, o primeiro sentimento que despertaram foi o da dúvida, quanto à realidade deles e,

mais ainda, quanto à causa que lhes dava origem.  

Uma vez certificados, por testemunhos irrecusáveis e pelas experiências que todos hão podido fazer, sucedeu que cada

um os interpretou a seu modo, de acordo com suas ideias pessoais, suas crenças, ou suas prevenções.  

As peculiaridades que marcam os modos de manifestação 

  • a estrutura psíquica de cada médium, 
  • sua constituição orgânica, 
  • sua história espiritual 
  • e condições perispiríticas que vão definir os vários tipos de intercâmbio mediúnico. 

Manifestação 

_Manifestação[do latim manifestatione] – Ato pelo qual o Espírito revela a sua presença.  

físicas – quando se traduzem por fenômenos materiais, tais como ruídos, movimento e deslocamento de objetos;  

provocadas – efeitos da vontade, do desejo ou de uma evocação determinada;

Facebook Comments

Deixe uma resposta