Depoimento de um Espírito Denso Poderoso nas Trevas

 

À medida que o espírita adquire a compreensão de que a mediunidade é uma faculdade psíquica inerente ao ser humano, que se expressa em graus e tipos, passa a identificá-la como um dos instrumentos de aperfeiçoamento espiritual disponibilizado pelo Criador aos seus filhos.

A mediunidade em si, segundo a interpretação espírita, não se limita ao intercâmbio com os Espíritos despojados do corpo físico e que se encontram em outra dimensão da vida, denominada plano espiritual.

A faculdade mediúnica, na verdade, extrapola os meros recursos instrumentais da comunicação.

Primeiro, porque se trata de um processo de sintonia e intercâmbio mental estabelecido entre Espíritos portadores de diferentes aquisições evolutivas, morais e intelectuais;

segundo, porque, citando André Luiz, a mediunidade não basta só por si.

É imprescindível saber que tipo de onda mental assimilamos para conhecer da qualidade de nosso trabalho e ajuizar de nossa direção, Francisco Cândido.

Nos domínios da mediunidade.

Pelo Espírito André Luiz.

 Rio de Janeiro:

JACOBSON SANT’ANA TROVÃO PSICOFONIA NA OBRA DE ANDRÉ LUIZ

São tais abordagens que Jacobson Sant’ana Trovão, caro amigo e dedicado espírita, desenvolve neste livro, ora publicado pela Federação Espírita Brasileira.

Nesta obra, o autor realizou atento e reflexivo estudo do tema psicofonia, transmitidos pelo orientador André Luiz, por meio da mediunidade do saudoso Francisco Cândido Xavier.

E, como é natural em análises semelhantes, estendeu a sua pesquisa a outros escritores espíritas confiáveis, com o intuito de demonstrar a relevância do assunto

— afinal, a psicofonia é a mediunidade mais comum entre os grupos mediúnicos espíritas

— e, também, pôr em evidência a coerência dos ensinamentos de André Luiz.

Este livro está dividido em duas partes:

a) Aspectos gerais da prática mediúnica

– trata-se de oportunos esclarecimentos destinados a todos os médiuns, independentemente de serem portadores ou não de faculdade mediúnica ativa;

b) Técnica psicofônica

– faz-se apurado estudo da mediunidade de psicofonia, com base em André Luiz, sintetizado em 21 tópicos (alguns se encontram subdivididos), que descortinam a riqueza e a beleza da psicofonia.

Vale a pena conferir! Um ponto digno de nota é que, em nenhum momento, Jacobson revela preocupação em apontar equívocos ou distorções da prática mediúnica usual do Centro Espírita.

Ao contrário, educado e sensível, age como sempre fazem os bons educadores:

procura focalizar o lado positivo do aprendizado.

Enfim, caberá ao leitor, em última instância, discernir a respeito do valor do livro. Mas, de nossa parte,

concluímos que esta obra reflete as seguintes palavras do sábio Alexandre, APRESENTAÇÃO 13 um dos ministros

da colônia espiritual Nosso Lar, ao tecer considerações a respeito do trabalho dos médiuns:

 problema da glória mediúnica não consiste em ser instrumento de determinadas Inteligências, mas em ser instrumento fiel da Divindade.

Para que a alma encarnada efetue semelhante conquista, é indispensável desenvolva os seus próprios princípios divinos.

A bolota é o carvalho potencial.

O punhado de sementes minúsculas é o trigal de amanhã. O germe insignificante será, em breves dias, a ave poderosa cortando amplidões.

Mediunidade constitui “meio de comunicação”, e o próprio Jesus nos afirma:

“Eu sou a porta… Se alguém entrar por mim será salvo e entrará, sairá e achará pastagens!”

Por que audácia incompreensível imaginais a realização sublime sem vos afeiçoardes ao Espírito de Verdade, que é o próprio Senhor?

Mediunidade Ouvi-me, irmãos meus!

Se vos dispondes ao serviço divino, não há outro caminho senão Ele, que detém a infinita luz da verdade

e a fonte inesgotável da Vida!

Marta Antunes de Oliveira de Moura Vice-Presidente da Federação Espírita Brasileira Brasília (DF), 10 de julho de 2014.

 

Veja

Tomar bebidas alcoólicas atraímos espíritos perturbados?

 Desde a mais remota data a humanidade está envolvida com o alcoolismo.
Facebook Comments

Deixe uma resposta