O Polêmico Médium Fala de Fé Conexão Repórter

 

Mediunidade, ou canalização, designa a alegada comunicação entre humanos

Conexão Repórter – O Polêmico Médium

Polêmico Médium (encarnados)

e espíritos

(desencarnados);

ou a manifestação espiritual via corpo físico que não lhe pertence.

Apesar de disseminada pela maioria das sociedades ao longo da história humana, foi a partir do século XIX que a mediunidade começou a ser um objeto de intensa investigação científica.

Embora não provada através da ciência stricto sensu, a mediunidade é corroborada por diversas doutrinas e correntes espiritualistas, sendo parte das raízes greco-romanas e judaico-cristãs da sociedade ocidental, bem como dos orientais hinduísmo e budismo tibetano.

Assim, em perspectiva espiritualista um espírito que deseja comunicar-se entra em contato com a mente do médium ativo, e, por esse meio, pode se comunicar por várias formas, como oralmente

(psicofonia), pela escrita (psicografia), ou ainda se fazendo visível ao médium (vidência). Fenômenos de ordem física incluem levitações (poltergeist), batidas (tiptologia),

escrita direta (pneumatografia), voz direta (pneumatofonia), voz eletrônica (fenômeno da voz eletrônica) etc.

Também há a mediunidade de psicometria, que é muito usada como ajuda para a polícia, consiste em um médium ler impressões e recordações pelo contato com objetos comuns; e a mediunidade de cura, como acontece através do médium

João de Deus.

Outras formas de comunicação com os espíritos podem ser encontradas em O Livro dos Médiuns, de Allan Kardec.

Mas embora recorrente em diversas vertentes espiritualistas e grupos sociais,

e dogma da Doutrina Espírita, a mediunidade não encontra-se estabelecida

à luz da ciência, pois a existência de espíritos não é suportada

pelos rigores do contemporâneo método científico.

Mas objeto de estudo da pseudociência da parapsicologia, o consenso científico atual não suporta as alegações deste e de outros supostos fenômenos paranormais.

 

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Mediunidade

Facebook Comments